O lado perdido de morar fora!

foto 2

Oi gente! Hoje vim falar um pouquinho do lado perdido de se morar fora.
Para quem quer fazer o mesmo, não é uma tarefa muito fácil. Mas cada pessoa tem uma experiência. Para uns em muitos aspectos, para outros em poucos aspectos, mas no geral todos sentem alguma dificuldade. Seja na língua, nos costumes, nas mudanças, mas para mim o pior é ver o tempo passar por uma janela onde você nunca mais irá ocupar aquele espaço no tempo.

Nesse post não falarei das dificuldades encontradas aqui, mas sim da ausência de se morar aqui. Tenho 6 anos que moro no Canadá e nesse tempo minhas amigas namoraram e casaram, afilhados nasceram, tiveram duas copas, aniversários dos membros da família e amigos, natais e ano novo onde não estive presente. É a vida seguindo seu ritmo. Ilusão achar que encontrará tudo da mesma maneira.

Eu sou adepta aos pequenos momentos, e você observa o quanto um almoço de domingo com a família te faz falta. A cada volta ao Brasil percebo o quanto perdi de convívio, são as crianças que deixei e hoje já estão quase adultas, pessoas que já partiram, aquele restaurante que fechou, até uma árvore ou um prédio que não existia te soa estranho. Você perde um pouco do hábito local e até a logística do dia-a-dia você acha diferente.

Mas ao mesmo tempo, vejo o quanto cresci e amadureci, de como o amor que eu já sentia pelos meus, seja família, seja amigos, cresceu. Percebo que pertenço ao mundo, porque me foi acrescentado um pouco de várias culturas, algo que preço nenhum paga.

Para driblar essa ausência, eu sou aquela tia que fala de uma telinha quadrada, que participa de casamentos, aniversários e batizados via skype, que cria vários grupos no zap; da família, do colégio, da faculdade. Já que não dá para agitar pessoalmente a gente agita virtualmente, tudo é válido para manter e principalmente criar laços.

Então não tenha medo das mudanças, seja de cidade ou de país; nem da saudade, ela te fará crescer, porque onde você fincou suas raízes, elas continuarão lá, firmes e crescendo se você souber cultivá-las. Só esteja ciente que você perderá alguns momentos, mas ganhará em outros, é a lei da compensação. O IMPORTANTE É SABER QUE VOCÊ TEM SEU PONTO DE PARTIDA, QUE ESTARÁ LÁ TE ESPERANDO SEMPRE QUE A SAUDADE BATER E QUE VOCÊ PRECISAR. Bjos ComDimô e até o próximo post.

foto 1
Anúncios

Sobre Bianca

Olá, meu nome é Bianca, brasiliense, casada com um cearense, mãe de três figurinhas lindas e que há 5 anos vim me aventurar pelas bandas do norte, mais precisamente em Montreal. Sou economista, mas a moda, maquiagem, decorações e festas sempre estiveram muito presentes em minha vida.
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

7 respostas para O lado perdido de morar fora!

  1. Voce tem toda razao, toda vez que volto pro Brasil as pessoas duvidam que sou Brasileira, pois meu sotaque e linguagem corporal mudou, e os Sambas das rodas nao consigo acompanhar por eu nao morar la, e nao ver meus sobrinhos crescerem. Alem dos acontecimentos culturais e politicos quais occorerram e nao posso debater, pois nao moro la.

    Curtir

  2. Marleuza disse:

    Morar no exterior foi uma experiência maravilhosa, gratificante e cheia de aprendizado, foram apenas 8 meses. E devido às circunstâncias eu só ganhei, e o que perdi foi tão pouco, que eu faria tudo outra vez!
    Mas, 6 anos é muito para uma vida que está sempre em movimento, e que todos os dias tem um acontecimento diferente.
    Parabéns pelo blog, Bi!

    Curtir

  3. Gabriela disse:

    Te amo amiga!! Vc sempre fará parte da minha vida!!! Lindo post, emocinante!! Bjs

    Curtir

  4. Floraci disse:

    Sem comentários !!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s